2 de agosto de 2010

Pintura

as marias-sem-vergonha se enfileiram na janela
vermelha-laranja-amarela-verde-azul claro- azul escuro- roxo
contemplam o céu estrelado e a lua minguante
as cores se desprendem delas e formam um arco-íris esfumado
o brilho da lua ilumina a madeira do parapeito


que mistério há nas palavras que conseguem mostrar o que o olho não sabe contemplar?

Um comentário:

Passarelli disse...

Acho que as vezes o olho vicia na paisagem... deixa de perceber a beleza nas coisas que já admirou um dia. Daí as palavras conseguem nos lembrar da beleza do que um dia já contemplamos. Você é linda meu amor. Te amo com todo meu coração.